Filmes a ver – ou: voltar à vida

Don’t even get me started on how boring my life was throughout most of 2009. Águas passadas. 2010 não começou muito melhor, mas há esperanças de melhora…

Tudo isso para dizer que parte da minha não-vida tem sido a impossibilidade de ir a Festivais de cinema. Pela 3ª vez consecutiva, “consegui” perder Tiradentes — culpa da fiRma — e nem quero pensar no que perdi além de “simplesmente” filmes… Não indo a festivais, demoro eternidades para assistir certos filme — como A Fuga da Mulher Gorila, do Felipe Bragança, que foi exibido ontem às 20h na Cinemateca e eu fiquei presa no rodízio + um trânsito dos infernos… (Pergunta cada vez mais incômoda: de que adianta estar em SP se a cidade impossibilita cada vez mais ir aos lugares, ver os filmes, as peças, as exposições??? Viver, em suma?…)

Então, eis aqui a listinha singela de filmes que eu tô querendo muito assistir

A Fuga, a Raiva, a Dança, a Bunda, a Boca, a Calma, a Vida da Mulher Gorila, de Felipe Bragança, Marina Meliande

Pacific, de Marcelo Pedroso

Estrada para Ythaca, dos irmãos Pretti e dos primo Parente

Um Lugar ao Sol, Gabriel Mascaro

(Confesso que começo a acalentar a possibilidade de uma vida fora em SP, em que as vindas sejam razoavelmente freqüentes e com tempo para aproveitar a cidade…)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s