Play the game!

Lembrem-se que, ao criar os blogs, vocês devem fazer um pequeno relato sobre os melhores games, sobre que tipo de sentido eles constroem e como fazem isso de maneira “jogável” – ou seja, como o jogador constrói esse sentido jogando (e não apenas assistindo). Desta primeira vez, os relatos podem ser em grupo, mas é preciso pelo menos um relato por integrante do blog (ou seja: mesmo que sejam feitos em grupo, se há 4 membros, gostaria de relatos sobre 4 games diferentes. Pensem em relatos de pelo menos um bom parágrafo – no próximo post, darei um exemplo baseado num game que vocês já conhecem, o September 12th).

Mais jogos:

Todos os da Molleindustria, alguns testados:

Run Jesus Run

Continuity (um jogo que é quebra cabeça e exercício de decupagem)

The End (jogo sugerido pela Larissa e cia.)

Concorrentes ao IndieCade (um dos dois principais prêmios para games independentes):

Auditorium – um jogo musical (tem free para ipad/iphone)

Everyday the same dream (tem que jogar várias vezes – e eu quero relatos)

Feign – eu não consegui terminar

Nuovo Awards (prêmio para jogos indie “cabeça”):

Today I Die – um jogo-poesia

I wish I were the moon – do mesmo designer de Today I Die

Closure – o caminho só existe quando há luz

Outros

Z-Type – digitação rápida!

Debate Night – Obama vs. McCain – jogo da campanha do Obama (não-oficial)

Do game designer mais bizarro do mundo, Stephen Lavelle:

NAWCO – (não tenho a menor idéia de como jogar)

Mais games na página do designer: Increpare Games

Advertisements

One thought on “Play the game!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s