Retórica procedimental e outros

Alguns materiais de apoio à aula de hoje pro curso de roteiro/3º semestre (e pro pessoal do Bacharelado, Multimídia e Hipermídia):

• um post do colega João Mattar sobre “retórica procedimental” e o livro Persuasive Games, do Ian Bogost (autor, entre outros, do satírico Cow Clicker, um jogo de Facebook que sacaneia os jogos de Facebook, o que ele desenvolve – verbalmente – aqui*).

• o 1º capítulo do livro (justamente o que explica a “retórica procedimental”) está online (em inglês apenas);

• O Game of Life pode ser jogado online;

Neste post tem uma lista de games a serem jogados (logo, possível material de análise para os trabalhos);

• Meu texto também fala de alguns conceitos tratados nas últimas aulas;

* Cada santa vez que leio o que esse moço Bogost escreve eu concluo que ele precisava ler um Fucôzinho básico. Mon Dieu…

Play the game! Nova lista – turma de 2012-1

Alguns exemplos de análise do semestre passado para vocês tomarem como parâmetro: Eveyday the Same Dream (pela Anna Livia), Free Culture (pela Clara Gattone), Auditorium (pelo Amaury Souza).

(E já que estamos no tema, um post do meu colega português de estudo de games, o Nelson Zagalo, sobre os vencedores do Independent Games Festival. E os finalistas de 2011 do IndieCade, outro prêmio importante do mundo dos games independentes e afins.)

Alguns jogos para experimentar & analisar:

Um blog com link pra vários games independentes, mas ainda não tive tempo de experimentar, vejam os que vocês acham.

Todos os da Molleindustria (os mais novos & mais complexos -Phonestory e Unmanned dão mais espaço pra discussão)

Continuity (um jogo que é quebra cabeça e exercício de decupagem)

The End (jogo sugerido por alunas do semestre passado)

Concorrentes ao IndieCade (um dos dois principais prêmios para games independentes):

Auditorium – um jogo musical (tem free para ipad/iphone)

Everyday the same dream (da Molleindustria, tem que jogar várias vezes – e eu quero relatos)

Feign – eu não consegui terminar

Nuovo Awards:

Today I Die – um jogo-poesia

I wish I were the moon – do mesmo designer de Today I Die

Closure – o caminho só existe quando há luz

Outros

Z-Type – digitação rápida!

Debate Night – Obama vs. McCain – jogo da campanha do Obama (não-oficial)

Do game designer mais bizarro do mundo, Steve Lavelle:

NAWCO – (não tenho a menor idéia de como jogar)

Braid (jogo pago, mas recomendável a qualquer um que ainda não o tenha jogado, possivelmente melhor game indie da atualidade, uma das melhores relações jogabilidade-narrativa da história dos games)

Tutoriais para Final Cut

Moçada, coloquei dois tutoriais de operação de Final Cut na seção “aula“. Um sobre “edição em 3 pontos”, outro sobre “sincronização de áudio e vídeo”. Tudo em nome dessa amnésia que parece acometê-los de um semestre pro outro… Como sempre, também recomendo que vocês explorem as categorias “edição I”, “edição II”, “cinema” e “montagem” para ver o conteúdo que já está postado aqui no blog sobre esses assuntos.