Hitler e a Cultura da Convergência :)

Update: coloquem o vídeo nos blogs! (o caminho mais fácil, acho, é por no YT e compartilhar aqui). Depois eu vou compilá-los aqui! Mas só os que me fizerem cair de ri, tá? Ou de refletir. Ou de chorar. You name it.
——————————————————————————————-

Moçada, como todos já sabem, o último exercício da disciplina consiste na criação de um vídeo a partir de algum outro vídeo viral (que o Jenkins prefere chamar de spreadable media) e que, com isso, comente algum tema contemporâneo, de escala local, regional, nacional, mundial, intergalática… vocês escolhem 🙂

Minha Sugestão foi o famoso vídeo do Hitler, aquela cena do filme A Queda, que já foi relegendada/re-editada inúmeras vezes, para comentar, normalmente com humor, algum episódio midiático, político, estético etc. Em alguns casos emblemáticos, Hitler comenta o final de Lost, o recente rebaixamento do Verdão, o hexacampeonato do Flamengo em 2009, canta Gangnam Style

Junto a isso, peço que vocês contextualizem o trabalho de vocês na “cultura da convergência”, sobretudo no que diz respeito ao que falamos sobre “letramento midiático” e “empoderamento do público”. Pra quem não leu o livro Cultura da Convergência, do Henry Jenkins, ele está na biblioteca.

Trabalho/prova de Edição II

Analisar as seguintes sequências:

(Sequência inicial, até plano aéreo da plantação — tive que substituir a sequência, pq o YT tinha apagado a anterior, perdoem a baixa qualidade, mas foi o que consegui achar)

(Sequência da chegada da polícia/Starling nas casas – a partir de 1:39:00)

Sobre cada uma, EM DUPLA: 1) descrever, em termos de imagens, sons ações e acontecimentos narrativos o que se passa; 2) nomear os procedimentos de montagem que criam os momentos narrativamente significativos de cada uma (ex: campo/contracampo, continuidade de movimento, raccord, montagem paralela etc). Quem habitou as minhas aulas não deve ter dificuldade de fazer nada disso, uma vez que tais análises foram feitas e-xaus-ti-va-men-te em sala de aula. E, lembrem-se, mais do que “resposta certa”, estou buscando ver o que e como vocês enxergam a construção de sentido narrativo a partir da decupagem/montagem das cenas, portanto, soltem a voz!

(Aqui: um template da prova, pra quem quiser ir fazer na Nasa, preencher e me entregar impresso. Mas podem imprimir e fazer a mão também!)